O que é necessário para emitir boletos 27/10/2010

A cobrança por boleto bancário é simples e depois de implementada torna-se um processo corriqueiro e natural.

O primeiro passo para emitir boletos é ter sua conta habilitada para isto. Não basta apenas ter um conta corrente. É necessário que esteja apta a receber por boleto por meio da chamada “carteira de cobrança”.

Os bancos oferecem diversas carteira de acordo com sua necessidade. Estas diferenciam nas tarifas mas basicamente existem dos tipos principais: registradas e sem registro.

Normalmente estas carteiras são oferecidas para contas de pessoa jurídicas(empresas).  Mas converse com seu gerente.

Carteira Registrada

É aquela, no qual você informa ao banco previamente, tudo sobre a cobrança. Isto inclui dados do cliente(nome, cpf, endereço,etc), valor a cobrar, multa, mora, vencimento, etc.

Isto é feito normalmente por meio de um software que o próprio banco fornece. Ele gera um arquivo que é remetido ao banco. Nesta modalidade, o banco imprime o boleto e envia ao seu cliente pelo correio.

Vantagens:

  • envio pelo correio descomplicado
  • permite protestar o título pelo próprio banco
  • quando seu cliente paga, já aparece o nome de quem pagou no controle do banco
  • permite negociar o título com o banco

Desvantagens:

  • Demora  até o cliente receber o boleto em casa
  • Custo mais alto
  • Dificuldade para fazer alterações de vencimento ou prorrogar

Carteira sem registro

Esta modalidade permite você enviar o boleto ao seu cliente sem prévio conhecimento do banco. Você utiliza a melhor tecnologia para gerar e enviar o boleto. Assim, somente após o cliente pagar, o banco toma conhecimento do boleto e credita em sua conta o pagamento.

Vantagens:

  • Agilidade para o boleto chegar ao cliente
  • Facilidade para efetuar alterações a qualquer momento
  • Custo menor

Desvantagens:

  • Ao receber não vem identificado com o nome do cliente
  • Protesto deve ser feito por sua conta
  • Se precisar enviar pelo correio, terá que cuidar de tudo

Para emitir pela Internet, utilizando ferramentas como o iBoleto, a carteira indicada é a Carteira Sem Registro. Esta é a modalidade utilizada pelas lojas virtuais também.

Com a conta corrente habilitada, chega o momento de configurá-la no iBoleto. Isto é feito pelo módulo Conta –> Inserir conta. Em seguida pode-se inciar a geração de boletos. Para cada boleto deve-se gerar com um Nosso Número diferente. Este será o código que vai identificar os pagamentos depois.

Quando um cliente efetua o pagamento de um boleto, este é compesado à noite e em até 48 horas aparece em sua conta. Cada banco disponibiliza relatórios de pagamentos diários. Em todos eles a identificação será pelo Nosso Número inserido no momento da geração do boleto.

Desta forma encerra-se o ciclo de emissao e recebimento por boleto bancário.

1 Comentário
ANTONIA ELIZABETE DE SOUSA SILVA 13 / dezembro / 2010

os produtos são de otima qualidade.